| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

GAZETA MOGBA NEWS
Desde: 09/05/2009      Publicadas: 485      Atualização: 07/01/2011

Capa |  Amazônia  |  Ancestralidade  |  Axe Opo Ajagunna  |  Bizarrices  |  Brasil  |  Ciência  |  Cinema  |  Consultas Espirituais  |  Educação & Cultura  |  Equipes (eventos)  |  Esportes  |  Festejos Públicos  |  Grandes Nomes & Grandes Casas  |  Jogo por Odù  |  Mogba Klaudio  |  O Mundo  |  Orisas  |  Parte Social  |  Previsões 2010  |  Previsões 2011  |  Raízes do Axe  |  Religião & Sustentabilidade  |  Saúde


 Religião & Sustentabilidade

  07/08/2010
  0 comentário(s)


TATU

Foto ilustrativa

TATU
TATU
O tatu é um mamífero da ordem Xenarthra, família Dasypodidae, caracterizado pela armadura que cobre o corpo. Nativos do continente Americano, os tatus habitam savanas, cerrados, matas ciliares, e florestas secas. Têm importância para a medicina, uma vez que são os únicos animais, para além do homem, capazes de contrair lepra, sendo usados nos estudos dessa enfermidade.
Os tatus também são de grande importância ecológica, pois são capazes de alimentar-se de insetos (insetívoro) contribuindo para um equilibrio de populações de formigas e cupins. Na Universidade da Região da Campanha - Alegrete/RS, um trabalho de dieta destes dasípodos revelou que apenas um exemplar (Dasypus hybridus - tatu mulita) com aproximadamente 2,5 kg de peso consome cerca de 8.855 invertebrados em apenas uma noite ou até menos.
Quando estes animais são caçados pelo seu valor cinegético (caça para alimento) acaba por se desequilibrar o ecossistema pois se extermina um controlador natural de insectos, favorecendo o aumento destes invertebrados, resultando em problemas econômicos para a região.
Quando se protege de outros predadores, o tatu enrola-se, formando uma bola de armadura quase indestrutível. Nem um atropelamento de um veículo consegue perfurar a espessa armadura que o cobre.
O tatu é um dos bichos que não podem ser caçados no Brasil. Muita gente caçava tatu para comer sua carne e usar sua armadura, muito resistente, para fazer utensílios.É bom lembrar que o tatu pode transmitir toxoplasmose pela carne
Espécie de larga distribuição, originalmente conhecida desde as Guianas, por todo o Brasil e do Paraguai até o Norte da Argentina, o tatu-canastra é o maior representante da família Dasypodidae.
É um animal de corpo maciço, mas flexível, devido á presença de grande número de cinta móveis. Possui cabeça alongada, focinho cônico, orelhas curtas e ovais.
Possui membros robustos, com cinco dedos e as unhas das patas posteriores são grandes, largas e arredondadas. As patas anteriores apresentam unhas muito grandes e falciforme, principalmente a do terceiro dedo, que pode medir até 15 cm.
O colorido da carapaça é muito escuro nas partes superiores e amarelado nas partes inferiores.
Enxerga e ouve mal, mas o olfato é bem aguçado. É poderoso escavador e sua toca possui diversos corredores e câmaras.
É terrestre, solitário e tem hábito principalmente noturno e crespular, alimentando-se de insetos como cupins e formigas, mas sua dieta pode incluir também outros animais e vegetais.
O período de gestação é de quatro meses, com o nascimento de um a dois filhotes.
Apesar de sua distribuição abranger todo o território brasileiro, a grande pressão de caça, somada à transformação dos campos e cerrados, seu hábitat natural, fizeram desta uma espécie seriamente ameaçada de extinção e talvez um dos primeiros animais destinados a desaparecer da lista de nossa fauna.É a maior espécie viva de tatu no mundo, chegando a medir entre 0,75 a 1m de cabeça e corpo, cauda de até 50cm. O adulto pesa cerca de 60Kg. Fossador notável, abre covas para se alojar e revolver o solo, ingerindo vermes, insetos e larvas. Come também aranhas, cobras e principalmente cupins, desmontando os cupinzeiros com as garras fortes.
www.achetudoeregiao.com.br

TATU DENTRO DA RELIGIÃO YORUBA
Dentro da Religião Yoruba, antigamente, o Tatu era sacrificado em homenagem a alguns Orisas tais como Osossy, Ologun-édé e Érinlé em rituais fechados onde somente os graduados dentro da religião poderiam assistir o seu imolamento por tratar-se de um Orosise muito reservado, após as ordens do IBAMA para a proteção deste animal uma vez que o mesmo encontra-se em extinção, o Tatu fora substituído por saruês (tipo de gambá do mato) ou pelos javalis (tipo de porco do mato). Hoje o culto à Érinlè e aos demais Orisas que dependiam deste tal sacrifício fora que quase por completo redirecionado devido às ordens naturais do mundo uma vez que a nossa Religião trata de forma rígida e adequada o tratamento para com a mãe natureza.
  Web site: pt.wikipedia.org/wiki/Tatu  Autor:   ache tudo e regiao


  Mais notícias da seção Notificação no caderno Religião & Sustentabilidade
16/12/2010 - Notificação - PROJETO CANDOMBLÉ & ECOLOGIA
foto ilustrativa...
22/11/2010 - Notificação - Ecossistema e a Religião Yorubá
foto ilustrativa...
13/09/2010 - Notificação - CORUJA = OWIWI
Foto ilustrativa...
02/09/2010 - Notificação - GAMELEIRA BRANCA
Foto ilustrativa...
19/08/2010 - Notificação - VITORIA RÉGIA = OSIBATA
foto ilustrativa...
14/08/2010 - Notificação - DENDEZEIRO = EJIOPÈ
Foto ilustrativa...
29/07/2010 - Notificação - JABUTI = AJAPÀ
Foto ilustrativa...
23/07/2010 - Notificação - TARTARUGA DE ÁGUA DOCE
Foto ilustrativa...
15/07/2010 - Notificação - ECOLOGIA E A TRADIÇÃO YORUBA
Foto ilustrativa...
14/03/2010 - Notificação - O ODU E A ESTAÇÃO DO OUTONO
EJIOKO E OJONILE entram na estação...
24/10/2009 - Notificação - CLIMA TEMPO
o clima e o tempo em Santos, Praia Grande, São Vicente e Piedade durantes os três primeiros dias...



Capa |  Amazônia  |  Ancestralidade  |  Axe Opo Ajagunna  |  Bizarrices  |  Brasil  |  Ciência  |  Cinema  |  Consultas Espirituais  |  Educação & Cultura  |  Equipes (eventos)  |  Esportes  |  Festejos Públicos  |  Grandes Nomes & Grandes Casas  |  Jogo por Odù  |  Mogba Klaudio  |  O Mundo  |  Orisas  |  Parte Social  |  Previsões 2010  |  Previsões 2011  |  Raízes do Axe  |  Religião & Sustentabilidade  |  Saúde
Busca em

  
485 Notícias